Seja bem-vindo
Santa Terezinha,24/07/2024

  • A +
  • A -

Ação da Sabesp (SBSP3) alcança nova máxima há menos de 10 dias da precificação da oferta

exame.com
Ação da Sabesp (SBSP3) alcança nova máxima há menos de 10 dias da precificação da oferta
Publicidade



As ações da Sabesp (SBSP3) alcançaram uma nova máxima intradiária nesta terça-feira, 9. Os papéis subiram a até R$ 84,87 – maior cotação histórica para o papel ao longo de uma negociação de pregão. Se o papel mantiver o patamar até o fechamento, irá superar o preço máximo histórico da ação de R$ 83,70, registrado em abril deste ano.




Publicidade
A disparada da ação acontece a menos de 10 dias da precificação da oferta que vai privatizar a companhia. Vale lembrar que a expectativa da oferta já vem há algum tempo puxando para cima os papéis da companhia. As ações da Sabesp acumulam alta de 14,4% no ano. 




Como será a reserva de ações da Sabesp




Nesta etapa, o governo do Estado de São Paulo irá colocar a mercado uma fatia de 17% da Sabesp.




O período de reserva de ações começou na semana passada, e os interessados em participar podem reservar os papéis até 15 de julho. Já a fixação do preço por ação acontece no dia 18 de julho, enquanto a liquidação da oferta será no dia 22.



Quem pode comprar?



Nesta etapa, podem reservar as ações os investidores não institucionais. A prioridade será para empregados e aposentados.



Como reservar



Os pedidos de reservas das ações da companhia podem ser feitos de duas formas: diretamente ou indiretamente. O investimento direto ocorre por meio de uma corretora ou banco. Já o investimento indireto seria via fundos FIA-Sabesp que as corretoras poderão criar para participar dessa operação.



Quanto posso investir na Sabesp?



A aplicação mínima é de R$ 100 e a máxima, de R$ 1 milhão para investimentos diretos. Já para investir nos fundos FIA-Sabesp, a aplicação mínima é de R$ 1 e a máxima, de R$ 1 milhão.




Vale a pena investir na Sabesp?




O investidor que desejar adquirir ações da Sabesp precisa ter um olhar de longo prazo segundo José Ronaldo, economista e professor do Ibmec-RJ. Isso porque a curto prazo já houve uma valorização do papel com a expectativa da privatização.




"A perspectiva de longo prazo em uma companhia do tamanho da Sabesp, que está na área mais rica do Brasil e que tem um bom potencial de aumento de eficiência com a privatização, tende se refletir em valor de mercado para a companhia. A longo prazo pode gerar ganho para o investidor."








COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.